Bora Ler: Pax - Sara Pennypacker

Peter e sua raposa são inseparáveis desde que ele a resgatou, órfã, ainda filhote. Um dia, o inimaginável acontece: o pai do menino vai servir na guerra, e o obriga a devolver Pax à natureza. Ao chegar à distante casa do avô, onde passará a morar, Peter reconhece que não está onde deveria: seu verdadeiro lugar é ao lado de Pax. Movido por amor, lealdade e culpa, ele parte em uma jornada solitária de quase quinhentos quilômetros para reencontrar sua raposa, apesar da guerra que se aproxima. Enquanto isso, mesmo sem desistir de esperar por seu menino, Pax embarca em suas próprias aventuras e descobertas. 

LEGENDA Bora Ler: Prometo Falhar - Pedro Chagas Freitas

Prometo Falhar é um livro que fala de amor. O amor dos amantes, o amor dos amigos, o amor da mãe pelo filho, do filho pela mãe, pelo pai, o amor que abala, que toca, que arrebata, que emociona, que descobre e encobre, que fere e cura, que prende e liberta. Em crônicas desconcertantes, Pedro convida o leitor a revisitar suas próprias impressões sobre os relacionamentos humanos. 

LEGENDA TBR / Abril 2017


Aloha pessoal tudo bom?

Para marcar a retomada do blog, resolvi criar esse post sobre as minhas prováveis leituras de abril de 2017 e contar também o que eu estou lendo, para vocês terem uma noção do que poderá aparecer aqui como resenha. Escolher os livros antecipadamente raramente dá certo, mas veremos como irei me sair...

Resumo de Leituras / Janeiro 2017


Olá pessoal tudo bom com vocês?

A partir de 2017 os resumos virão separados por categorias (leituras, filmes e séries), acho que assim as postagens não ficam tão extensas, já que esse ano pretendo ver mais filmes e também posso comentar um pouco sobre as séries vistas. 

O ano começou de forma gratificante em matéria de leituras. Foram 5 livros e 1 mangá. Bora lá:

LEGENDA Bora Ler: História da Sua Vida e Outros Contos - Ted Chiang

Publicadas originalmente em volumes diversos, as narrativas de Ted Chiang estão pela primeira vez reunidas em uma coletânea. Entre as histórias dotadas de rigor científico, humanidade e lirismo estão “A torre da Babilônia”, na qual um minerador sobe a famosa torre com a missão de escavar a abóbada celeste; “Divisão por zero”, uma reflexão precisa e devastadora sobre o fim da esperança e do amor, e “História da sua vida”, na qual uma linguista aprende um idioma alienígena que modifica sua visão de mundo. Com uma prosa límpida e ideias às vezes desconcertantes, Chiang comprova seu inegável talento para a boa ficção científica: a capacidade de contar uma história humana, extremamente bem escrita, na qual a ciência funciona como expressão dos questionamentos mais profundos enfrentados pelos personagens. Um livro repleto de ideias originais e passagens inesquecíveis.