LEGENDA Bora Ler: Dinastia M

Wanda Maximoff, a Feiticeira Escarlate e filha de Magneto, após um surto que culminou na morte de alguns Vingadores, perde sua sanidade e devido a natureza de seus poderes, faz com que Vingadores e X-Men se reúnam para decidir o seu destino. Mercúrio, o irmão de Wanda procura o pai para pedir auxílio para salvar a irmã, porém, Magneto se recusa a ajudá-la. Os heróis então vão a Genosha, onde a garota estava e ao chegarem lá, são abordados por um imenso clarão...A partir desse momento a realidade que conhecemos se desfaz e dá lugar a uma em que os mutantes são a maioria e os humanos são tratados como aberrações.
Vale a pena ou a galinha inteira? 

Dinastia M é uma saga que ocorreu após os eventos de Vingadores: A Queda, onde a Feiticeira Escarlate foi perdendo sua sanidade devido ao uso constante dos seus poderes de alterar a realidade. Isso acarreta na morte de três dos Vingadores incluindo dois membros clássicos e somado a outros fatores, culmina no desmantelamento do grupo. Após muito tempo ocioso, finalmente a Marvel trazia um evento relevante aos quadrinhos, mesmo que este afete diretamente apenas dois dos grupos da editora, diga-se de passagem, os dois mais importantes.

Como eu disse, mesmo que Dinastia M afete diretamente apenas Vingadores e X-Men, ela foi na minha opinião uma das únicas que teve um efeito duradouro e significativo na cronologia da Marvel. Tudo por que, quando Wanda perde o pouco de sanidade que ainda tinha, ela cria uma realidade paralela, uma realidade mundial, a conhecida Dinastia M.

Nesse novo universo, a família de Magneto é soberana. Humanos são tratados como minoria e os mutantes são a espécie dominante. Além disso, todos os heróis que estavam em Genosha, quando Wanda altera a realidade, tem seus sonhos realizados nesse novo mundo, um exemplo disso é Peter Parker que está vivendo com seus tios May e Ben e é casado com o grande amor de sua vida além de ter um filho e adivinhem quem é o maior amor do amigão da vizinhança? Gwen Stacy.

Em meio a toda essa nova realidade, duas pessoas se lembram das coisas como eram anteriormente: Wolverine que agora é um agente da S.H.I.E.L.D. e Layla Miller, uma adolescente mutante que tem a capacidade de despertar os outros dessa realidade. Aliada a alguns heróis que montam um grupo de resistência ao governo de Magneto por se tratar de um governo tirano, Layla passa a despertar o maior número de heróis para combater a Dinastia M.

Nesse momento, ocorre um dos momentos mais tristes dos quadrinhos que já vivenciei: o despertar de Peter Parker que descobre que sua vida com Gwen, seu tio Ben e seu filho é uma mentira. É simplesmente de partir o coração.


Mesmo com todas as tie-ins que envolveram a série, Dinastia M é uma realidade bem interessante para se conhecer, porém, quando se fala em cronologia real, 98% da série é irrelevante. Nesse momento vocês me perguntam: Uai você mesmo não disse que ela é importante para a cronologia? Eu explico: a realidade inteira da Dinastia M não tem efeitos na cronologia da Marvel, logo, é uma realidade irrelevante, porém, o fato que ocorreu na penúltima edição, essa sim foi o que desencadeou os fatos sentidos até hoje.

Quando os heróis da resistência chegam ao palácio de Magneto e a guerra é declarada, Mercúrio cai morto e ao ver o irmão caído, Wanda profere uma das frases mais importantes e impactantes de todo o universo Marvel: Chega de Mutantes.

Um novo clarão ocorre e pronto. A realidade é restabelecida, porém, está diferente. Wanda ao dizer sua famosa frase, elimina o gene mutante da face da Terra. Dos milhares de mutantes existentes ao redor do mundo, sobram somente 198. A partir desse momento, os mutantes passam a ser uma espécie em extinção.

Além desse efeito, todos aqueles heróis que sabiam que a Dinastia M era uma realidade criada enquanto ela ainda estava vigente, se lembram dos fatos ocorridos na mesma, ou seja, Peter Parker mais uma vez se lasca, por que agora ele se lembra que viveu "anos" com Gwen.

Enfim, Dinastia M além de reorganizar os grupos editoriais e de heróis da Marvel é leitura obrigatória para todo fã da Marvel e tem uma das artes mais bonitas da editora, além de ter servido como gancho para resultados futuros que iriam culminar em diversos eventos como Guerra Civil (2006/2007) e Vingadores vs. X-Men (2012), mas esses são assuntos para outra hora!!



*  As imagens retiradas da HQ House of M, são puramente com o intuito de ilustração e divulgação. Todos os direitos das mesmas são de seus criadores. ^^


Nenhum comentário:

Postar um comentário