LEGENDA Bora Ver: The Strain (1ª Temporada)

Após um avião cheio de passageiros aterrizar no Aeroporto Internacional John F. Kennedy com suas luzes apagadas e com as portas seladas, o epidemiologista Dr. Ephrain Goodweather e sua equipe desconfiam se tratar de algum tipo de arma biológica. Porém, o que eles mal sabem é que está muito além de ser uma arma biológica. O que os passageiros estão carregando é um tipo de verme/vírus/vampiro que irá colocar todos os habitantes da Terra em uma guerra que eles nunca imaginavam.
Vale a pena ou a galinha inteira? 

Já de antemão digo que só de saber que tinha as habilidosas mãos do del Toro como um dos produtores, já encheu os meus olhos para série. Quando soube que era baseada em uma trilogia dele, ai sim tive que acompanhá-la sem pestanejar. Se você não reconhece o nome do cara, certamente conhece seus trabalhos como por exemplo os filmes da série Hellboy, o SENSACIONAL O Labirinto do Fauno (com aquele final dúbio fantástico) e o mais recente e também de tirar o fôlego Círculo de Fogo (que eu ainda prefiro chamá-lo do nome original: Pacific Rim), ou seja, ele tem a mão de ouro.



Já no primeiro episódio temos esse avião com sua tripulação morta de forma estranha. Acontece que o responsável pelo ataque simplesmente retirou todo o sangue das vítimas, o que intriga os pesquisadores e o telespectador. Com o desenrolar, vamos sendo apresentados aos personagens e aos misteriosos responsáveis por esse ataque.


Alguns passageiros "ressuscitam" e são liberados para irem embora para suas casas, mesmo contra a vontade da equipe de epidemiologia. Tudo é parte de um grandioso plano, uma vez que, esses passageiros agora carregam dentro de si um verme que se reproduzir de forma muito rápida e substitui os órgãos do hospedeiro pelos seus, transformando eles em vampiros, que na série recebem o nome de Strigoi (fiquem tranquilos que não são vampiros que brilham no Sol). Uma das grandes sacadas da série é a lenta transformação dessas pessoas em vampiros. Desde os olhos vermelhos, até a perda do sexo e o desejo pela pulsação sanguínea alheia, vamos acompanhando o processo passo-a-passo, revesando entre os "sobreviventes". 


Mesmo que todos estejam às cegas dessa ameaça, há uma única pessoa que conhece esse mal e mesmo sendo tratado como louco, será o responsável por tentar montar uma iniciativa contra esses vampiros. Seus nome é Abraham Setrakian, interpretado pelo já conhecido David Bradley (você conhece ele, só não deve associar o nome a pessoa, ele é o Argus Finch dos filmes do Harry Potter e mais recentemente o odiado Walder Frey da série Game of Thrones). Focado em seu personagem, teremos então flashbacks que irão nos contar como ele tem o conhecimento dessa ameaça e perceberemos que ele tem mais ligação com esses vampiros do que poderíamos imaginar. 

Outro ator conhecido que está na trama é o eterno Goonie, Sean Astin que estará aqui no Brasil para a Comic-Con Experience em dezembro e mesmo que o seu papel seja importante por um lado e descartável por outro, é sempre bom revê-lo.



A trama consegue nos apresentar a uma nova visão para o surgimento dos vampiros, dessa vez em uma abordagem científica o que é muito bacana. A gigantesca língua que eles projetam para se alimentar de suas vítimas e passar o verme adiante se tornou a grande marca dessa série. Com uma temporada curta (o que evita encheção de linguiças), The Strain consegue prender o telespectador que não sabe o que virá a cada episódio. 



Claro que até del Toro tem seus pontos negativos, nesse caso, a cada novo ambiente que surge, aparece na tela o local, rua e horário em que a cena está ocorrendo. Não sei, mas acho isso totalmente desnecessário, uma vez que, eu reconheço o covil do vilão ou a casa do protagonista e não guardo o nome das ruas da cidade em que a história se passa. Mas pior do que isso, foi o visual do chefão dos vampiros, o chamado Mestre. Sério??? Eu sinceramente achei que estivesse assistindo o antigo Cine Trash da Rede Bandeirantes. Podiam ter melhorado um pouco a aparência dele, mas enfim, a série consegue ser boa apesar disso, acreditem. Fica então a dica de mais uma série muito boa para quem gosta de thrillers de horror e/ou para quem curte os trabalhos do del Toro. Abraços!!


* As imagens retiradas da série The Strain, são puramente com o intuito de ilustração e divulgação. Todos os direitos das mesmas são de seus criadores ^^


4 comentários:

  1. Já ouvi falar da série e parece ser muito top mesmo, enquanto eu to sem tempo ela vai ficando na "geladeira" mesmo aeuhua

    http://sublimecapital.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thayná tudo bom?
      Hahaha com relação a essa geladeira, eu devo ter uns 3 freezers industriais aqui de tanta coisa pra assistir então te entendo rsrsrs

      Abraços ^^

      Excluir
  2. Nossa, tá aí uma série nova que eu tô louco pra ver!
    Geralmente os seriados de terror não me agradam muito, mas esse me chamou muito a atenção - e, agora que você me mostrou que tem o dedo do Guillermo del Toro no meio, tô muito mais interessado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho um certo problema com séries com temporadas longas por que nunca consigo terminar, quando vi que havia lançado esta e que era baseado em livro e tinha mão do del Toro, somado ao fato de serem poucos episódios, peguei pra acompanhar de cara hahaha
      Espero que goste dela tbm ^^

      Excluir