LEGENDA Bora Ver: Garota Exemplar

Em seu aniversário de casamento, Nick Dunne retorna para sua casa e descobre que sua esposa, Amy está desaparecida. Devido a seu temperamento e suas mentiras, Nick começa a ser visto pela polícia e pela mídia como o principal suspeito do desaparecimento, iniciando uma corrida contra o tempo para encontrar a esposa e ao mesmo tempo provar sua inocência.
Vale a pena ou a galinha inteira? 

Garota Exemplar é baseado no livro de nome homônimo da escritora Gillian Flynn lançado originalmente em 2012. O filme é dirigido por ninguém menos do que David Fincher, se você não conhece o cara, provavelmente já ouviu falar de seus trabalhos que incluem Clube da Luta (1999), O Quarto do Pânico (2002), Zodíaco (2007), O Curioso Caso de Benjamin Button (2008), A Rede Social (2010), entre outros, ou seja, o cara sabe fazer bons filmes e com este é lógico que não seria diferente.

Acontece que Garota Exemplar é quase uma amálgama de dois filmes. "O primeiro filme" tem como tema o casamento, desde o primeiro encontro e o amor à primeira vista até as crises ocasionadas pela falta de empregos e pelas traições, que pouco a pouco vão minando o "amor verdadeiro" ao qual David e Amy diziam sentir. Já no "segundo filme" somos apresentados a um filme de investigação para determinar o paradeiro de Amy, que é o que carrega o filme em grande parte. 


As cenas do filme irão se alternar entre o presente e o passado, passado este representado por flashbacks do diário escrito por Amy. Desse modo, vamos conhecendo um pouco mais os personagens, suas motivações e seus temperamentos. 
As mentiras contadas por David aos policiais, somado a relatos no diário de Amy, deixam o público sem saber o que pensar. Será ele realmente o responsável pelo sumiço da esposa? Fincher literalmente brinca com a cabeça do telespectador, ao espalhar pistas, argumentos e outras artimanhas que ora te fazem acreditar que realmente ele é o culpado, ora que ele é inocente. Estupendo!


O diretor também irá criticar de certa forma a atuação da mídia em casos que se tornam mundialmente conhecidos pelas pessoas. No caso, Amy é a inspiradora de uma coleção de livros infantis muito famosa e portanto muito amada entre as pessoas. Quando o caso vai à tona, David é altamente criticado por programas de televisão sensacionalistas e qualquer ação sua pode incendiar ainda mais a fúria das pessoas contra ele. Essa passagem é interessante, uma vez que, Ben Affleck vivenciou algo parecido em 2013 quando foi anunciado de que ele seria o novo Batman nos cinemas. 


As atuações dos atores, tanto de Ben quanto de Rosamund estão muito boas e mesmo que o filme carregue uma carga séria, ainda assim há espaços para algumas piadas sutis no decorrer da trama, o que dá mais crédito aos atores que conseguem mesclar esses dois extremos de forma bem natural.

No final, Garota Exemplar é um filme sobre casamentos e o seu fim, sobre a questão de que nem sempre o que a gente vê na frente das câmeras é a verdade dos fatos, que nem sempre um filme que tenha como poster o Ben Affleck com cara de tonto é um filme ruim e que eu deveria ter comprado o livro quando ele ainda tinha a capa antiga =( 

* Abaixo o trailer do filme com a fabulosa música She interpretada por Charles Aznavour :)


* As imagens retiradas do filme: Gone Girl, são puramente com o intuito de ilustração e divulgação. Todos os direitos das mesmas são de seus criadores ^^


Nenhum comentário:

Postar um comentário